• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Mobilidade Urbana

27/11/2015 16:10

Sedur se reúne com representantes da Embaixada Francesa

Em visita à capital baiana para conhecer os projetos de mobilidade da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), representantes da embaixada francesa se reuniram com o secretário Carlos Martins, com o presidente da Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB), Eduardo Copello, e técnicos da Superintendência de Mobilidade da Secretaria para saber mais detalhes da proposta de integração do metrô com as comunidades, a partir da instalação de teleféricos em pontos estratégicos da cidade. À principio, em Fazenda Grande do Retiro, Bom Juá e Pernambués.

“O objetivo é de propiciar mobilidade e um acesso mais fácil e direto ao metrô, o que vai também aumentar o número de usuários”, pontuou Carlos Martins. “O projeto ainda inclui o alargamento das vias públicas e novas intervenções. A ideia é que o teleférico seja integrado como elemento de urbanização e melhorias para a comunidade”, ressaltou.

A proposta é que o Governo francês e a Sedur firmem uma parceria para estudos conjuntos de viabilidade socioeconômica e técnicos de engenharia. A Secretaria, inclusive, irá encaminhar ofício (espécie de Carta de Intenções) à Embaixada Francesa, com pedido oficial de apoio e a consolidação de uma matriz de responsabilidade compartilhada. “Nós fizemos uma visita muito interessante nas comunidades e também participamos de uma apresentação bem completa para entender o sistema de transporte. Percebemos que, realmente, tem viabilidade e existe demanda”, afirmou a conselheira de Desenvolvimento Sustentável no Serviço Econômico Regional do Consulado Geral da França no Brasil, Françoise Meteyer-Zeldine. 

“Queremos complementar o grande projeto de mobilidade que já está em curso em Salvador e Região Metropolitana”, destacou Eduardo Copello. De fato, com o avanço das obras do metrô (a Linha 1 será finalizada em dezembro, com a entrega da estação Pirajá e a conclusão dos 12 km iniciais, enquanto as obras da Linha 2 seguem e ritmo acelerado, com previsão de entrega das estações Detran e Acesso Norte no primeiro semestre de 2016), o projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e as Linhas Azul e Vermelha, a Bahia desponta com um dos maiores e mais consistentes projetos de mobilidade urbana do país. 

 “Nós pegamos o metrô estagnado há 13 anos e, em pouco mais de dois, conseguimos recuperar a credibilidade e colocá-lo a serviço da população. É um case de sucesso”, comemorou o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano. “E, em pouco tempo, seremos a terceira capital do país em número de extensão de quilômetros de metrô”, enfatizou. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.