• Prêmio de boias práticas 2017
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Banner Recadastramento do Servidor

Governo

25/01/2017 17:20

Empossado novo secretário da Sedur

“Hoje é um dia só de agradecimentos. A sensação é de missão cumprida e consciência tranquila. Conseguimos construir uma equipe de trabalho, todos com o mesmo objetivo, com envolvimento e motivação, que honrou o Estado e que alegra qualquer gestor. Foi muito bom trabalhar aqui”. Com estas palavras, o ex-secretário de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, passou o bastão para o novo titular da pasta, o deputado federal feirense, Fernando Torres.

A cerimônia de posse foi realizada nesta quarta-feira (25) e reuniu os superintendentes, diretores, funcionários e colaboradores da Sedur. “A Sedur está indo muito bem, se tornou referência e, sem dúvida, é um prazer assumir uma secretaria tão organizada e enxuta, da forma como eu gosto de trabalhar”, afirmou o novo gestor. “Eu espero que, na minha saída, entregue-a da mesma forma como estou recebendo de Martins”, enfatizou Fernando Torres.

De fato, ao longo destes dois anos de Governo Rui Costa, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano consolidou-se como uma das mais importantes pastas da gestão estadual, à frente de projetos estratégicos, como o metrô. “Hoje, temos orgulho de dizer que a Sedur é referência nacional de mobilidade. Pegamos um metrô com 13 anos parado, denúncia de superfaturamento, problemas com o Tribunal de Contas, e saímos de piada nacional rumo a terceira maior malha metroviária do país”, enfatizou Carlos Martins.

Em habitação, a Bahia se destacou no Programa Minha Casa, Minha Vida como o estado que mais conseguiu contratar e executar moradias. Somente na atual gestão, foram entregues mais de 53,7 mil unidades habitacionais, beneficiando cerca de 215 mil pessoas. 

Através da Conder, vinculada à estrutura da Sedur, são capitaneadas e geridas obras estruturantes em todo Estado, a exemplo da requalificação da Lagoa Grande e da construção do Viaduto Nóide Cerqueira, ambas em Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia. Já em Salvador, estão sendo investidos mais de 124 milhões na recuperação do Centro Antigo; mais de R$ 230 milhões em contenção de encostas, além de corredores estruturantes (linhas Azul e Vermelha) e do projeto do Veículo Leve sobre trilhos – VLT, que irá substituir os trens do Subúrbio.   

No âmbito da Região Metropolitana, a Sedur lançou o edital de abertura do processo licitatório para contratação de empresa para elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado – PDUI. Principal instrumento da Política Urbana para a RMS, o PDUI irá contemplar diretrizes comuns a toda região, envolvendo questões fundamentais para o desenvolvimento urbano integrado, como mobilidade, habitação, saneamento básico e planejamento e gestão territorial. 

“Tenham certeza de que vamos dar continuidade ao trabalho. E, para isso, espero contar com a ajuda e parceria de todos”, destacou Fernando Torres. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.