• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Desenvolvimento Urbano

15/05/2017 17:40

Sedur vai intermedir solução entre moradores da Vila Solidária e Caixa

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) vai intermediar uma solução entre os moradores da Vila Solidária, na Praia de Tubarão, e Caixa Econômica Federal (CEF). A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (15), pelo secretário Fernando Tores, após reunião com o deputado Zé Neto e uma comissão de moradores do local.
Na reunião ficou definido um novo encontro, desta vez com a presença de representantes da CEF. A entidade é considerada peça fundamental na solução do problema.
A comissão que participou da reunião representa os moradores da Vila Solidária, na Praia de Tubarão, bairro são Thomé de Paripe. Eles querem a retomada da obra de construção de 236 residências.
Vale lembrar que o empreendimento contratado integra o Programa Crédito Solidário da Caixa Econômica Federal, que permite que os próprios moradores, através de uma entidade civil registrada, possam captar os recursos para a construção de suas próprias moradias.
Um dos representantes da Vila, Juraci Figueiredo, disse que a obra está paralisada. “O projeto conta com 54% da obra concluída. Enquanto isso, todas aquelas famílias que depositaram o sonho na casa própria estão em situação de abandono”, disse Juraci Figueiredo.
MINHA CASA, MINHA VIDA
Outros membros da comissão de moradores apresentaram uma outra alternativa para a solução do problema. Eles solicitaram a migração do Crédito Solidário para o Minha Casa, Minha Vida.
“Antes da tomada de qualquer decisão é necessário ouvir a Caixa Econômico a respeito da situação dos moradores da Vila Solidária”, disse a diretoria de Planejamento Habitacional da Sedur, Adalva Tonhá,
O deputado Zé Neto prometeu entre os moradores da Vila Solidária acompanhar a solução para o problema. “Quero, inclusive, parabenizar o secretário Fernando Torres pela busca dessa solução”, ressaltou o parlamentar.
O secretário Fernando Torres reforçou a preocupação da Sedur quanto às questões habitacionais de Salvador. “Precisamos buscar uma solução para essas famílias, atendendo a política de habitação de nosso estado”.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.