• Prêmio de boias práticas 2017
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Desenvolvimento Urbano

14/07/2017 12:10

Conder segue com obras de requalificação urbana no Centro Antigo

Em diferentes pontos do Centro Antigo de Salvador, a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), segue com obras de recuperação de calçadas, pavimento e melhoria da acessibilidade. Os serviços em execução integram o projeto ‘Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador', do Governo do Estado.

Nesta semana, os operários trabalham na recuperação do pavimento e de calçadas nos bairros do Comércio, Nazaré, Barris, Jardim Baiano, Macaúbas e Barbalho. “Os bairros do Centro Antigo de Salvador foram interligados por cinco lotes, sendo quatro já iniciados. Hoje, estamos com seis frentes de trabalho, totalizando 24 ruas com obras em execução. Já concluímos os serviços em 65 ruas”, explica o diretor do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias.

No bairro de Nazaré, por exemplo, as equipes finalizam as obras nas ladeiras da Independência, de Santana e do Desterro, além das ruas do Gravatá, do Tinguí, da Mangueira, Fonte Nova do Desterro e Travessa Professor Antônio Borja. Em outro ponto do Centro Antigo, no bairro do Comércio, a Praça Marechal Deodoro e as ruas Conselheiro Lafayete, Torquato Bahia, do Pilar, do Julião e da Polônia também estão sendo requalificadas.

Para o empresário Carlos Correia, proprietário da Omega Papelaria, “a obra chega na hora certa”. Segundo ele, há mais de 15 anos os empresários do Comércio aguardam melhorias para a região. “Os clientes voltam a frequentar o local e elogiam, principalmente a requalificação das calçadas. Hoje, podemos transitar com conforto e sem riscos de acidentes”, afirma o empresário, que há 25 anos atua na região.

Ao todo, estão sendo investidos R$ 124 milhões na pavimentação de vias e requalificação de calçadas em mais de 260 ruas da região central da cidade. “É uma das primeiras grandes obras brasileiras de urbanização que segue as normas de acessibilidade e o desafio de implantar melhorias em ruas antigas”, complementa Mathias.

Fonte: Ascom/Conder
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.