• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Desenvolvimento Urbano

10/08/2017 16:00

Cenário de muitos livros, Centro Histórico recebe a Flipelô com novo colorido

Salvador entra no circuito dos eventos literários do país com a primeira edição da Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô). O público de cerca de 30 mil pessoas que está sendo esperado até domingo (13), quando o evento será encerrado, poderá conferir de perto, além dos shows, recitais, saraus e lançamentos de livros, o trabalho de valorização do Centro Histórico de Salvador, realizado pelo Governo do Estado, que também apoia a iniciativa da Fundação Casa de Jorge Amado.

São serviços como pintura de casarões históricos, reforma de telhados, praças e largos, além da recuperação do pavimento, que é realizado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur). “A manutenção do território tombado, realizada pelo Governo do Estado, é feita constantemente”, explica Maurício Mathias, gestor da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas), da Conder.

O escritor baiano que dá nome à Fundação é o homenageado nesta primeira edição junto às escritoras Zélia Gattai e Myriam Fraga. “Concluímos recentemente a pintura de 32 casarões nas ruas Gregório de Matos, João de Deus, 28 de Setembro e Largo do Pelourinho, entre eles a Fundação Casa de Jorge Amado (FCJA), importante referência da cultura baiana”, declara Mathias.

Segundo ele, a Conder segue a política do Governo do Estado de valorização e ocupação da área do Centro Histórico. “Recentemente, por exemplo, disponibilizamos à Fundação Casa de Jorge Amado um imóvel contíguo à sede, onde funcionará o espaço Zélia Gattai”, completa Mathias. No imóvel foi feita também a instalação de novo gradil para favorecer a circulação do ar e maior interação dos visitantes do Pelourinho com a FCJA. O trabalho do gradil leva a assinatura de Sérgio Rabinovitz.

Lazer

A manutenção do Centro Histórico, por onde circulam mais de 500 mil pessoas anualmente, compreende também a recuperação de praças e largos, como a Pastores da Noite, já entregue à comunidade. Localizada entre o estacionamento, conhecido por 14-M e a Rua das Laranjeiras, o local é um importante acesso ao Centro Histórico de Salvador.

A Conder finaliza agora a recuperação da fachada do prédio histórico do Lar Franciscano Santa Isabel e da Praça do Lar Franciscano, que será mais uma opção de lazer do Centro Histórico de Salvador.

Flipelô

Oficinas, debates, encontros, shows de música, teatro, entre outras atividades gratuitas fazem parte da programação, que acontece em diversos espaços do Centro Histórico. Durante quatro dias, 250 convidados e 60 atividades para adultos e crianças esperam por um público estimado de 30 mil pessoas. Confira a programação completa em www.cultura.ba.gov.br

Fonte: Ascom Dircas/Conder
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.