• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Sei Bahia

Habitação

20/12/2017 15:00

Governo entrega imóveis a 1.500 famílias nesta quarta

Cerca de 1.500 casas do Programa Minha Casa, Minha Vida foram entregues pelo Governo do Estado, nesta quarta-feira (20). Nos conjuntos residenciais Ceasa II, IV e V, os novos moradores receberam as chaves das mãos do vice-governador e secretário estadual do Planejamento, João Leão. Um total de 888 famílias foram beneficiadas com as habitações, localizadas na Estrada do Bom Sucesso. “Tenho muito orgulho de estar aqui hoje entregando essas casas, que são parte de um programa que transforma para melhor a vida de tantas pessoas”, declarou João Leão.

Os empreendimentos, que irão beneficiar cerca de quatro mil pessoas, foram financiados com recursos da União e contrapartida do Governo Estadual. Cada imóvel possui 2 quartos , sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes. O residencial é composto com infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem, energia elétrica e disponibilidade de acesso ao transporte público.

“Há muito tempo eu espero por isso, então esse é um momento de muita alegria pra mim. Atualmente, eu moro de favor e a partir de hoje eu tenho minha casa para viver com meus filhos”, relata a diarista Maria Valquíria dos santos, mãe de cinco filhos, que recebeu as chaves da mão do vice-governador.

Cajazeiras VI

Já em Cajazeiras VI, também nesta quarta-feira, mais 600 unidades habitacionais foram entregues pelo secretário da Casa Civil, Bruno Dauster. Os imóveis integram o Conjunto Residencial Colina Solar, e foram destinados a pessoas remanejadas das áreas com obras em execução pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur). Bruno Dauster destacou a felicidade de todos que agora vão morar num local mais seguro, com toda a infraestrutura. “Hoje podemos ver a importância do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), através do qual esse residencial foi construído”, destacou o titular da Casa Civil.

As famílias contempladas foram remanejadas de três obras em execução pela Diretoria de Obras Estruturantes (ampliação das avenidas Gal Costa e 29 de Março, macrodrenagem do Rio Jaguaribe/Mangabeira) e duas obras em execução pela Diretoria de Habitação (macrodrenagem do Dique do Cabrito e Programa de Contenção de Encostas).

“Eu pedi uma boneca e uma cama nova de presente, mas Papai Noel me deu uma casa inteira. E meu quarto vai ser rosa”, declara Sarah Oliveira, 5 anos, ao correr para brincar no novo parquinho do Residencial. A menina e seus pais, Aline Santana e Rodrigo Oliveira, estão entre as 600 famílias que receberam as chaves de suas novas residências.

O diretor de Obras Estruturantes da Conder, Sérgio Silva, esclarece que as famílias moravam em condições precárias, em locais que sofriam frequentes inundações ou risco de desabamento. “Estamos deslocando essas pessoas de áreas muito insalubres para um bairro com toda infraestrutura urbana. Nossa equipe social continuará dando apoio após a ocupação, para que a adaptação ocorra da melhor forma possível”.

Após a entrega das chaves, realizada pela Caixa, a equipe social da Conder vai acompanhar todo o processo de adaptação, com foco na gestão participativa. “Será criada uma associação de moradores. Vamos ajudar na elaboração do estatuto do condomínio, com todas as regras de convivência e uso dos espaços comuns. O envolvimento de cada morador será fundamental neste processo de gerenciamento”, explica Graziane Amorim, coordenadora social da Diretoria de Habitação/Conder.

O Residencial Colina Solar é um condomínio de fácil acesso. Está localizado na Rua Coronel Azevedo, perto de pontos de ônibus, casas comercias, escolas, creche, bancos, farmácias, posto de saúde, além de ser vizinho do Hospital Eládio Lasserre. As unidades habitacionais são compostas por sala, dois quartos, sanitário e cozinha com área de serviço conjugada. O condomínio possui duas quadras poliesportivas, dois Centros Comunitários, um equipamento de ginástica e quiosque. Dezoito pessoas portadoras de necessidades especiais vão receber casas totalmente adaptadas, além de uma vaga preferencial de estacionamento, dentre as 300 vagas disponíveis.


Fonte: Ascom/Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder)
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.