• Sei Bahia
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Desenvolvimento Urbano

07/03/2019 18:00

Metrô amplia funcionamento e transporta 1 milhão de passageiros

De 1 a 6 de março, o Metrô Salvador abriu uma hora mais cedo, às 4h, para atender melhor o folião que usou o sistema para ir e voltar do Carnaval. Com isso, a CCR Metrô Salvador, empresa que opera o sistema, registrou um aumento de 23,4% no número de passageiros em relação ao Carnaval de 2018. No total,1.233.068 pessoas foram transportadas.

“Isso mostra uma adesão da sociedade soteropolitana ao modal transporte metroviário, que proporciona uma viagem confortável, rápida, segura, integrada ao ônibus e ao transporte por aplicativo, possibilitando a chegada em todos os circuitos, tanto no Circuito Batatinha (Pelourinho), desembarcando na Estação Campo da Pólvora, como no Circuito Osmar (Campo Grande), desembarcando na Estação Lapa. E também com facilidade para chegar ao Circuito Dodô (Barra-Ondina), desembarcando na Estação Lapa e utilizando os ônibus exclusivos para o circuito”, destaca o gestor de Atendimento e Operação da CCR Metrô, Hamilton Trindade.

O pleno funcionamento do sistema, que este ano incluiu a Estação Aeroporto, também influenciou no aumento do número de usuários. “Com certeza, [a estação] ajudou porque facilitou a chegada de pessoas que moram na Região Metropolitana Salvador e também para os turistas que estavam chegando. Muitos utilizaram o metrô, já levando para hotéis que ficavam próximos dos circuitos do Carnaval”, acrescentou Hamilton.

Foram disponibilizados 35 trens para a operação durante o Carnaval. Para garantir a segurança dos passageiros, foi realizado monitoramento eletrônico por meio de mais de 2 mil câmeras das estações, trens, passarelas de acesso e terminais de ônibus, integradas ao Centro de Controle Operacional da concessionária. Parte das imagens também foi monitorada diretamente pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria da Segurança Pública (SSP). A CCR Metrô Bahia utilizou ainda portais de detectores de metal nos acessos às estações estratégicas.

Com o aumento no número de passageiros, a operação deve seguir o mesmo padrão no próximo Carnaval, começando a funcionar uma hora mais cedo. Qualquer mudança dependerá da avaliação da CCR junto a outros órgãos e modais de transporte. “Ao que tudo indica, o horário atendeu bem ao folião. Tem metrô até meia-noite. Aquele que quis voltar, voltou à meia-noite. Enquanto aqueles que quiseram ficar na madrugada voltaram às 4h da manhã”, pontuou o gestor.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.