A ampliação do metrô dentro de Lauro de Freitas está prevista em contrato, mas depende de um gatilho contratual de demanda, quando a estação Aeroporto atingir seis mil passageiros na hora de pico durante seis meses consecutivos. Uma vez atingida a meta, o Governo do Estado desenvolve um projeto e dá ordem de serviço para a construção da estação Lauro de Freitas.